Apple trabalha com operadoras brasileiras para liberar o 5G

Com 15 capitais brasileiras já implantadas, o 5G já é uma realidade em nosso país. No entanto, mesmo nas localidades onde a tecnologia está disponível, os usuários de iPhones e outros dispositivos da Apple ainda não conseguem acessar o padrão de quinta geração, mesmo tendo comprado seus iPhones 12, 13 e SE de 3ª geração, que são reconhecidamente compatíveis.

Isso ocorre porque a Apple ainda está trabalhando na validação e testes em seu sistema para, segundo a empresa, assegurar um melhor desempenho na conexão. Enquanto isso acontece, os proprietários de iPhones só podem usar, por enquanto, o chamado 5G non-standalone (NSA), que ainda utiliza a infraestrutura 4G.

Em agosto, o ministro das Comunicações, Fabio Faria, foi à sede de Apple, em Cupertino (EUA), para discutir a questão da liberação do 5G “puro” para os usuários brasileiros de dispositivos da empresa. De acordo com o titular da pasta, a coisa toda seria liberada “até setembro”.

De acordo com o site MacMagazine, a Apple ainda está trabalhando com as grandes operadoras brasileiras na tal validação e testes de desempenho ideal do 5G SA. Isso significa que não existe ainda nenhuma data prevista para implantação e, como a tecnologia ainda continua em testes, ela não foi liberada.

Dessa forma, resta aos donos de iPhones brasileiros aguardar para que o 5G puro chegue aos seus dispositivos — que já são compatíveis com a tecnologia — o mais rápido possível. De preferência, que isso ocorra quando a linha iPhone 14 chegar às lojas do Brasil.

Deixe um comentário