Jamie vs Britney: série documental do HBO Max traz bastidores do processo

Britney Spears ganhou um novo documentário sobre sua vida e carreira polêmicas. Lançado em 10 de janeiro, Jamie vs Britney: O Julgamento da Família Spears está disponível exclusivamente nas plataformas de streaming HBO Max e Discovery+. A série de true crime trará novos pontos de vistas para os fãs e curiosos de uma das maiores histórias que chocaram o mundo do showbiz, envolvendo a princesa do pop, seu pai Jamie Spears, e a tão disputada tutela do patrimônio da cantora.

A produção é dividida em dois episódios, que apresentam ao espectador duas perspectivas diferentes sobre o conturbado caso: por um lado, há Britney afirmando que “eles literalmente me mataram. Minha família me jogou fora”, enquanto por outro representantes que atuaram por Jamie Spears durante anos afirmam que ele só queria “salvar a filha”. Confira, a seguir, mais detalhes da série documental Jamie vs Britney, como sinopse, repercussão do caso na mídia e trailer do projeto:

Enredo de Jamie vs Britney

A narrativa do documentário inédito é dividida em duas partes: a primeira defende o lado da cantora em sua briga judicial contra o pai, onde ela mesma dá voz à sua perspectiva como vítima. Para apoiar seu discurso, a visão da princesa do pop é embasada por depoimentos exclusivos e chocantes não só dela mesma, como também de análises de comentaristas jurídicos, empresários de suas antigas turnês, ex-integrantes da indústria musical e ativistas em prol do movimento #FreeBritney.

No panorama oposto ao dela, há Jamie Spears, que apesar de não participar da série documental, tem sua perspectiva representada por executivos de bens e patrimônio, Steve Dennis – o biógrafo de Britney – e muito mais. Dessa forma, ambas as narrativas contam os bastidores da vida da estrela pop, sendo ilustradas por meio de registros da artista após os conturbados eventos de 2007, bem como trechos dos julgamentos e imagens de arquivo.

Em um trecho da prévia disponibilizada pela HBO Max, a artista conta que muito das coisas que lhe ocorreram nunca foram, de fato, compartilhadas, afirmando que “eu acordei hoje cedo e percebi que tem muita coisa acontecendo na minha cabeça que eu nunca dividi com ninguém”. Britney declara, ainda, que nunca revelou nada porque sempre teve “medo do julgamento e, definitivamente, do constrangimento em relação à coisa toda”.

Com frases e revelações polêmicas, a dona do hit “Toxic” revela no trailer do projeto que a tutela de Jamie e o controle de sua vida e patrimônio durante esses últimos treze anos seriam razões suficientes para que ele “fosse preso pelo resto da vida.”

A carreira de Britney Spears esteve repleta de polêmicas. Um exemplo é quando ela raspou seu cabelo em fevereiro de 2007, além de bater no carro de um paparazzo com um guarda-chuva. No entanto, apesar do burburinho sobre o evento, a imprensa caiu em cima da princesa do pop, que no mesmo ano passava por situações complicadas em sua vida, como o luto após a morte de sua tia Sandra Bridges, o divórcio com Kevin Federline e a briga judicial pela guarda dos dois filhos. Além disso, o assédio midiático e a hipersexualização desde muito nova também foram fatores que contribuíram para o desequilíbrio da saúde mental de Britney.

Outro ponto de destaque envolve a internação da artista em uma clínica de reabilitação, necessária já que ela corria o risco de perder a tutela do filhos caso se negasse a fazer. Assim, esse episódio também alimentou a especulação e a cobertura midiática sobre a vida de Spears. A partir desses acontecimentos, Jamie, pai da cantora, resolveu intervir, entrando com uma petição no Tribunal Superior de Los Angeles pedindo uma tutela temporária de emergência para a filha. Ao ser concedida prontamente, ele e o advogado Andrew Wallet tornaram-se os responsáveis por controlar os negócios, patrimônio e vida pessoal da cantora.

Cercada de polêmicas, a tutela se tornaria permanente no mesmo ano e permaneceria sem contestações pela próxima década. Isso apesar dos fãs da artista suspeitarem sobre a real condição de seu bem-estar após declarações sensíveis de Britney.

Após 13 anos, a pressão feita pelos fãs, criadores do movimento “Free Britney”, criado em 2008, e as inúmeras tentativas de renegociação da estrela, finalmente tiveram efeito, visto que ambos os eventos ajudaram a pressionar a justiça norte-americana a revisitar o acordo. Com um processo extremamente longo, cansativo e amplamente coberto pela mídia e os tabloides, o The New York Times anunciou, em setembro de 2021, que Jamie havia solicitado sua remoção como tutor da cantora.

Em novembro do mesmo ano, a juíza Brenda Penny, responsável pelo processo, encerrou a curatela imediatamente e Spears retomou o controle sobre sua vida depois de muito tempo. De acordo com a reportagem exclusiva do BuzzFeed News sobre o caso na época, o documentário Framing Britney Spears, do próprio Times, foi essencial para a nova abertura do caso.

Confira o trailer oficial de Jamie vs Britney: