Motorola em 2023: veja o que esperar do Moto G, Razr e outros aparelhos

A Motorola tem uma série de possibilidades para fortalecer sua presença no mercado nacional em 2023: celulares com telas enroláveis, lançamento de modelos de linhas já conhecidas (como Moto E e Moto G) e talvez uma nova geração do dobrável Motorola Razr – que, segundo rumores, pode ganhar duas novas versões em vez de uma só. Em contrapartida, a subsidiária da Lenovo deve diminuir a quantidade aparelhos diferentes disponíveis no varejo em até 30%, segundo disse o chefão da companhia, Sergio Buniac, em entrevista exclusiva.

No próximo ano, a expectativa é de que a empresa aumente a oferta de produtos mais baratos com a chegada do suposto Moto G Play. Aparelhos premium também estão cotados para aparecer no catálogo da marca, após o vazamento do ThinkPhone, com processador Snapdragon 8 Plus Gen 1 e a possível chegada do Moto X40 ao Brasil. Nas linhas, saiba em detalhes o que esperar da Motorola no próximo ano.

Próxima geração do Motorola Razr

Uma das expectativas para 2023 é que a Motorola aumente a quantidade de modelos dobráveis lançados no mercado. Segundo rumor publicado pelo influenciador Evan Blass, conhecido pelos acertos sobre a indústria de smartphones, a fabricante estaria trabalhando em dois modelos do Motorola Razr , tratados internamente pelos codinomes Juno e Venus.

A decisão pode ser considerada ousada, uma vez que a geração atual do Razr teve um lançamento considerado morno na China, durante o mês de agosto, país em que a empresa sofre com a forte concorrência de marcas que também possuem celulares do gênero.

Até o momento, porém, não há informações sobre a data de lançamento, preço e nem em quais países devem chegar – e é possível que Brasil não entre nessa lista, já que a geração atual do celular ainda não teve sequer previsão de aparecer em terras tupiniquins.

O ThinkPhone provavelmente estará entre os telefones premium da Motorola no próximo ano. Usando o mesmo design do notebook Lenovo ThinkPad de fibra de carbono, o suposto aparelho – que vazou na última semana – deve vir com uma tela OLED de 6,6 polegadas (1800 x 2400), com taxa de atualização de 144 Hz e função HDR. A ficha técnica também deve contar com processador Qualcomm, Snapdragon 8 Plus Gen 1, 8 GB ou 12 GB de RAM e até 512 GB de armazenamento.

É possível que o celular traga uma câmera frontal de 32 megapixels e um conjunto de câmeras triplas na parte traseira, com a principal de 50 MP, sensor ultra wide de 13 megapixels e sensor de profundidade de 2 megapixels. Mesmo que as imagens já estejam circulando por aí, ainda não há informações sobre a disponibilidade ou preço, nem se o ThinkPhone estará disponível em mercados fora da China.

Redução no catálogo de aparelhos

Outra coisa que deve mudar é a quantidade aparelhos lançados no mercado. O presidente global da marca, Sergio Buniac, revelou que os consumidores podem esperar uma diminuição na quantidade de celulares Motorola lançados no mercado.

Segundo o executivo, a pandemia trouxe falta de componentes e obrigou a fabricante a fazer adaptações nos celulares. Com isso, foi possível lançar mais modelos para usar as peças restantes e atender a quem precisava trocar de telefone. Porém, com a retomada do ritmo das fábricas, o catálogo de novidades deve ser reduzido entre 20% e 30%.

Novos modelos da linha Moto G, Moto E e Edge

Mas isso não significa que não veremos novidades em 2022. A empresa deve trazer ao mercado celulares mais atrativos ao bolso do consumidor, com as linhas Moto G e Moto E. O destaque fica com o Moto G Play, que teve sua ficha técnica revelada e chega aos mercados dos Estados Unidos e Canadá em 12 de janeiro.

O aparelho contará com tela HD+ de 6,5 polegadas, taxa de atualização de 90 Hz e bateria de 5.000 mAh (que garante alguns dias longe do carregador, a depender do uso). No jogo de câmeras, o usuário terá três câmeras traseiras, sendo a principal de 16 MP, enquanto a macro e o sensor de profundidade tiram fotos de 2 MP. Há também uma única câmera selfie com 5 MP.

Celulares atualizados com Android 13

Para quem possui telefones da marca é bom ficar atento também as atualizações de software. Recentemente, em resposta a um usuário, a Lenovo revelou quais smartphones da Motorola vão receber o Android 13. Apesar da lista com mais de 20 aparelhos, as datas do update não foram divulgadas e é provável que, boa parte dos celulares, receba a nova versão do sistema operacional do Google em 2023.

Celulares enroláveis no Brasil

Por fim, durante o evento Lenovo TechWorld Brazil, realizado em novembro deste ano, Buniac anunciou que deverá trazer ao país o primeiro telefone “enrolável” criado pela companhia. O celular foi apresentado durante conferência internacional da marca e traz um display de 4 polegadas e se desenrola em uma tela OLED de 6,5 polegadas.

A novidade, porém, é conceitual e o executivo não revelou quando o smartphone deve desembarcar em território nacional ou se ele será – em algum momento – disponibilizado para o mercado.

Com informações de Android Police (1/2), Android Authority e The Verge