Pokémon: Entenda a mudança do Brock pelo Tracey no anime.

Na segunda temporada de Pokémon, uma decisão inusitada comprometeu não apenas o futuro do anime, mas também a nova dinâmica dos personagens principais. Em um certo momento da série, os produtores descartaram a continuidade de Brock e o substituíram por Tracey, deixando de lado um dos nomes mais carismáticos e queridos do público.

Por que os amigos de Ash Ketchum foram trocados?

Em entrevista ao PokeBeach, o ex-diretor da animação, Masamitsu Hidaka, comentou sobre a escolha. Segundo ele, a mudança na equipe principal do anime foi determinada após um certo receio de representações racistas pelo público internacional.

Antes mesmo de distribuir os episódios para o ocidente, os criadores do anime optaram por criar Tracey com traços mais familiares, digamos assim, para os novos espectadores. Com isso, Hidaka deu um fim à jornada de Brock com um arco curto e brusco.

Para refrescar sua memória, o momento ocorreu durante a aventura nas Ilhas Laranja, quando o dono de Onyx encontrou a Professora Ivy e, apaixonado, escolheu deixar a equipe para viver ao lado da amada. Instantes depois, ao visitarem o laboratório do Professor Carvalho, Tracey foi apresentado como novo “companion” e ficou ao lado dos protagonistas durante todo o ciclo.

Vale lembrar que a motivação por trás dos produtores para trocar, pela primeira vez, os membros da party principal de Pokémon, não foi a primeira ocorrência. Antes disso, eles decidiram renovar o visual de Jynx para evitar características julgadas como estereótipos racistas pelos americanos.

No caso de Brock, após os animadores perceberem que, mesmo assim, o personagem continuava querido pelos fãs, ele retornou à série no arco Ouro e Prata, em Johto.

Deixe um comentário