Tesla faz recall de mais de 321.000 veículos devido a problema no software

A Tesla está lançando uma atualização de software over-the-air para corrigir a falha, que afeta certos veículos Modelo 3 e Modelo Y.

A Tesla está fazendo o recall de mais de 321.000 veículos devido a uma falha de software que faz com que as luzes traseiras de alguns veículos acendam incorretamente. Um registro da Administração Nacional de Segurança no Tráfego Rodoviário afirma que o recall afeta veículos específicos do Modelo 3 fabricados em 2023 e veículos do Modelo Y fabricados entre 2020 e 2023.

A Tesla diz que as luzes traseiras em um ou ambos os lados do veículo podem “acender intermitentemente” devido a um problema “que pode causar falsas detecções de falhas durante o processo de ativação do veículo”. A NHTSA diz que isso pode “aumentar o risco de colisão” em condições de pouca luz, mas a Tesla não recebeu nenhum relato de feridos ou acidentes relacionados a esse problema. Como a maioria dos recalls da Tesla (exceto este que afeta as fivelas do cinto de segurança do Modelo 3 ), a empresa está abordando o problema com uma atualização de software over-the-air (OTA).

Este é o 19º recall da montadora este ano. Na semana passada, a Tesla fez o recall de quase 30.000 veículos Modelo X devido a um problema que poderia fazer com que o airbag do passageiro dianteiro fosse acionado incorretamente em colisões de “baixa velocidade”, resultando potencialmente em ferimentos se uma criança pequena estiver no banco da frente. Ele também fez o recall de mais de 40.000 carros Modelo X e S por causa de um problema que poderia causar a perda da direção hidráulica ao dirigir em estradas esburacadas ou após bater em um buraco.

Deixe um comentário